Viagens à volta do meu umbigo. Histórias de uma mãe como as outras
Últimas

Macaquices e Afins

Fim de Semana prolongado

Passeios

Antigas

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2014

Novembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

mais sobre mim
Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008
Macaquices e Afins

Este fim de semanda fomos ao Zoo de Lisboa. Nós, os "crescidos" fomos com sentimentos contraditórios ente si. Porque nos custa a ideia de cativeiro daqueles animais e alguma "exploração" que se faz deles. A Baía dos Golfinhos com música a fazer lembrar as festas da aldeia ou os carrosséis da feira popular, o desgraçado do elefante a tocar a corneta, o leão marinho a dar "beijinhos" a miúdos e graúdos. No entanto, sabemos que uma ida ao jardim zoológico é um marco na infância de qualquer criança e é uma experiência  normalmente encarada com grande entusiamo. Foi bom verificar que as condições da maioria dos animais foi bastante melhorada; já não há tigres e leões enclausurados em jaulas minúsculas, estão em áreas abertas limitadas, mas sempre são maiores do que eram. A estrela do dia não foram os macacos, nem os rinocerontes, nem os tão temíveis leões/tigres/panteras. Muito menos os golfinhos, que não fizeram o entusiamo da malta. A estrela do dia foi o furético (teleférico), que foi a única novidade do Zoo para o Afonso, que já lá tinha ido com a escola. O almoço no McDonalds foi também um fiasco. Já sabíamos que os hamburgueres não iam fazer as delícias deles, então optámos pelos nuggets. Big mistake. Comeram batata frita com sumo ao almoço e já não foi muito mau. Acho que o que mais gostaram no McDonalds foi dos crocodilos que lá estão por trás...

 

tags:
Publicado por Vanda às 11:23
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008
Fim de Semana prolongado

O fim de semana prolongado começou com uma passeata. Rumámos a Sul, desta vez com bastantes menos malas e bagagens do que o habitual. Benditos 2 e 4 anos de idade, que já não nos obrigam a andar com a casa às costas! Começámos por uma visita à OVIBEJA, que criou no Afonso bastantes expectativas em relação ao que por lá iria encontrar. Animais de quinta, que ele queria afagar e mexer. Pelo menos até ao momento em que os viu... Estavam em cercas, perfeitamente alcançáveis pelas suas pequenas mãozinhas, mas o tamanho de alguns e o nervosismo de outros fizeram-no vacilar e temer os bichos. Passado o pavilhão em que estavam os animais, fomos às tão desejadas (pelo menos por mim e pelo Francisco) tasquinhas. Pedimos um petisco para o lanche, mas desde logo nos apercebemos que o Afonso não o estava a saborear com a emoção do costume. Estava desiludido consigo mesmo por não ter sido capaz de mexer nos bichos. É que esse tinha sido o motivo que o tinha levado a ficar tão excitado com este passeio. Imaginou-se a mexer em tudo o que era bicho e depois não conseguiu. Parou de comer a meio do lanche e pediu-nos para voltar aos bichos antes de irmos embora. Lá fomos e ele fez algumas (tímidas) festas a alguns dos animais. O que uma pessoa não faz pela auto-estima dos filhos: o cheiro era nauseabundo, os corredores estreitos, os animais estavam com um ar infelícissimo naqueles poucos m2 que lhes estavam destinados, havia bostas de vaca espalhadas pelo chão (imaginam o tamanho e o cheiro dos dejectos de um boi  com mais de 500 kg??). Enfim, foi o momento rural do fim de semana. Depois fomos até ao Algarve, onde o tempo desiludiu um bocado. Havia muito vento e não fizemos praia. Deu para mudar de ares, mas ficou aquém das expectativas. Para eles deve ter sido divertido o facto de dormirem em camas "de crescidos", juntas para assegurar que não havia quedas a meio da noite. De manhã e depois da sesta, a Francisca estava sempre enfiada na cama do irmão, a fazer de tudo para o acordar, umas vezes, outras só encostada a ele, aninhada à espera que acordasse ou que os fossemos buscar para retomar ou iniciar as actividades do dia. Domingo, dia do regresso, foi mais maçador para eles. Fomos por Castro Marim, almoçámos em Alcoutim e depois subimos até Moura e Amareleja para conhecer a maior central solar do mundo. Jantámos (muito mal) em Évora e chegámos a casa a desoras, estafados e sem vontade nenhuma de que o dia seguinte fosse 2ª feira (falo por mim, mas eles com certeza sentiram o mesmo!)

tags:
Publicado por Vanda às 11:38
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008
Passeios

Ontem fomos passear aqui para ouvir um concerto para bebés. Fomos os 4. Ao contrário do que esperava, a Francisca portou-se bem; só começou a ficar mais irrequita no fim. O balanço foi positivo. Ouvimos violino, trompete, clarinete, saxofone, acordeão, cavaquinho e vozes bonitas. Vimos coreografias simples de uma bailarina. Acho que eles também gostaram. Havia bebés desde os 3 meses até crianças por volta dos 5 anos.

tags:
Publicado por Vanda às 11:15
link do post | comentar | favorito
pesquisar
 
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
tags

a caminho dos três

a horta já tem direito a etiqueta e tudo

a vida em abu dhabi

a vida no bahrain

afonso

ai portugal portugal

amigos

ant

antónio

antonio

apartes

bebés

bloguices

casa nova

cinema

coisas minhas

coisas minhas pai xico

desabafos

ecologia

educação

escola

eu também posto sobre a crise

facebook

falar do tempo

falar do trânsito

familia

férias

férias em portugal

francisca

futebol mas só porque estamos em alturas

gripe a

língua árabe

living in london

mariana

médicos

música

natal em abu dhabi

natal no bahrain

os nossos dias

pai xico

passeios

por esta blogosfera fora

reclamações

são pedro

saudades

ser mae de 3

tomás

viagens

vida de mãe

vida no bahrain

todas as tags

À volta de outros umbigos