Viagens à volta do meu umbigo. Histórias de uma mãe como as outras
Últimas

Quinta feira de caca

trinta e um de janeiro de...

É todo um requinte, este ...

António Pinóquio

Filha do meio

O sonho concretizou-se

Actividades Extra-Curricu...

Dias felizes

Dias tristes

Teias de aranha

É quando menos me apetece...

Correcção

O que tenho visto através...

Eid Mubarak!

Outra informação importan...

??

Como as pessoas acham que...

E depois de dois fins de ...

Todo um mundo novo

Ao fim de cinco anos dest...

Antigas

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2014

Novembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

mais sobre mim
Segunda-feira, 7 de Maio de 2012
Potty Training - Round 3

E lá vamos nós outra vez. Criança com dois anos = tirar as fraldas. Ou melhor, criança com dois anos e com maturidade e entendimento suficientes, evitando-se assim birras resultantes da frustração e traumas infantis que não cicatrizam e conduzem a adultos com dificuldades de relacionamento (à cautela, não vá algum psicólogo estar a ler-me) = tirar as fraldas. Não estamos no bom caminho, confesso.

O rapaz vai ao bacio aí desde os 10 meses e não reclamava. Começou aos dez meses porque eu estava todo o dia com ele em casa e reparei no padrão escatológico hiper regular da criatura (não estava a querer pressioná-lo para tirar as fraldas aos dez meses, ok?). Assim, depois do pequeno-almoço e depois do almoço punha-o no bacio, ele fazia o seu cocózinho, eu aplaudia e cada um voltava feliz à sua vidinha. Ele porque tinha recebido cantigas, aplausos e beijinhos pelo feito, eu porque sempre poupava duas fraldas por dia e me apraz mais limpar um rabo saído do bacio ou da sanita do que um rabo besuntado de cocó esborrachado na fralda. Adiante. Pois agora acho que se deu a revolta contra o bacio. Se antes era só alegrias, agora é só berraria. Chora que nem um condenado, aperta-se todo e ou faz no chão, quando eu desisto de o ter lá sentado, ou espera pela fralda da sesta/noite para fazer. Aqui em casa tem andado sempre sem fralda e, claro, eu atrás dele de esfregona na mão. Ontem foi para a creche de cuecas e teve dois "acidentes". Eu vou usar a fórmula que já resultou duas vezes: não lhe por a fralda e deixá-lo andar a sujar-me a casa toda quando tem vontade. Não ralho, repito várias vezes que é para usar o bacio, limpo e isto qualquer dia há-de parar. Acredito que ele também não goste da sensação de estar sujo e faço figas para que seja uma questão de (pouco) tempo...

tags:
Publicado por Vanda às 10:17
link do post | comentar | favorito
pesquisar
 
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
tags

a caminho dos três

a horta já tem direito a etiqueta e tudo

a vida em abu dhabi

a vida no bahrain

afonso

ai portugal portugal

amigos

ant

antónio

antonio

apartes

bebés

bloguices

casa nova

cinema

coisas minhas

coisas minhas pai xico

desabafos

ecologia

educação

escola

eu também posto sobre a crise

facebook

falar do tempo

falar do trânsito

familia

férias

férias em portugal

francisca

futebol mas só porque estamos em alturas

gripe a

língua árabe

living in london

mariana

médicos

música

natal em abu dhabi

natal no bahrain

os nossos dias

pai xico

passeios

por esta blogosfera fora

reclamações

são pedro

saudades

ser mae de 3

tomás

viagens

vida de mãe

vida no bahrain

todas as tags

À volta de outros umbigos