Viagens à volta do meu umbigo. Histórias de uma mãe como as outras
Últimas

Quinta feira de caca

trinta e um de janeiro de...

É todo um requinte, este ...

António Pinóquio

Filha do meio

O sonho concretizou-se

Actividades Extra-Curricu...

Dias felizes

Dias tristes

Teias de aranha

É quando menos me apetece...

Correcção

O que tenho visto através...

Eid Mubarak!

Outra informação importan...

??

Como as pessoas acham que...

E depois de dois fins de ...

Todo um mundo novo

Ao fim de cinco anos dest...

Antigas

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2014

Novembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

mais sobre mim
Quarta-feira, 14 de Março de 2012
Tive o privilegio (raro por estes lados) de ser convidada para uma casa de uma familia local

E fui, cheia de curiosidade, pronta para depois fazer aqui um documentario tipo BBC Wildlife- Como os emiratis vivem nas suas grutas. Mas nada. A anfitria recebeu-nos sem o manto preto a que nos habituou (por a vermos sempre na rua). E uma mulher bastante bonita, arranjada e elegante mas de cabeca coberta e abaya nem se percebe. Claro que tudo naquela casa brilhava e era ostensivo - lustres enooormes, cadeiras, mesas e candeeiros douradissimos, sofas cheios de rococos. Mas tudo o resto me impressionou pela simplicidade. Os emiratis nao sao propriamente famosos por serem despachados ou diligentes. E muito frequente cruzarmo-nos com uns (e umas) que nem o carrinho do supermercado empurram. Por isso fiquei impressionada com a Hanan. Preparou-nos cafe na sua nespresso, como faltavam chavenas para o cha, ela propria se encarregou de lavar uma chavenas que tinham sido utilizadas e esteve com o seu filhote pequeno sempre ao colo. Isto nao seria de estranhar caso se tratasse de uma mulher ocidental, mas o que se ve destas mulheres normalmente e que tem empregados para fazer tudo e nem sequer seguram os filhos ao colo. Passam-nos sempre a empregada para que os segure. E nas mais de duas horas que la estive, so vi uma empregada uma vez, quando o filho estava a chorar e ela o veio buscar para ir brincar com ele para outro sitio, ja que o choro estava a perturbar a nossa aula de frances (e verdade, a minha vida social anda agitada, ja nao vou conseguir arranjar espaco para um emprego outra vez, bolas!)

Depois da aula de frances seguiu-se uma aula de cozinha belga, em frances tambem e, alem da comida que se preparou para a aula, houve tambem comida tradicional arabe, feita pela propria da anfitria (o que tambem nao deve ser muito comum porque chegar-se a cozinha tambem nao deve ser muito com elas).

All in all, foi uma experiencia bastante agradavel. E esta sexta fomos tambem convidados para ir a quinta de um colega da sala da Francisca. Os pais tambem sao locais e vamos fazer uma serie de jogos com as criancas e dar comida aos animais da quinta e no fim vai haver um churrasco a arabe. Mal posso esperar! Ir a casa de duas fmilias emiratis na mesma semana nao e algo que muitos expats ja tenham feito porque os emiratis sao bastante reservados no geral e nao convidam muita gente fora do seu circulo para entrar nas suas casas...

Publicado por Vanda às 17:16
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 26 de Março de 2012 às 14:38
Adoro ler estes seus relatos! A diferença de culturas é extraordinária!

Comentar post

pesquisar
 
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
tags

a caminho dos três

a horta já tem direito a etiqueta e tudo

a vida em abu dhabi

a vida no bahrain

afonso

ai portugal portugal

amigos

ant

antónio

antonio

apartes

bebés

bloguices

casa nova

cinema

coisas minhas

coisas minhas pai xico

desabafos

ecologia

educação

escola

eu também posto sobre a crise

facebook

falar do tempo

falar do trânsito

familia

férias

férias em portugal

francisca

futebol mas só porque estamos em alturas

gripe a

língua árabe

living in london

mariana

médicos

música

natal em abu dhabi

natal no bahrain

os nossos dias

pai xico

passeios

por esta blogosfera fora

reclamações

são pedro

saudades

ser mae de 3

tomás

viagens

vida de mãe

vida no bahrain

todas as tags

À volta de outros umbigos