Viagens à volta do meu umbigo. Histórias de uma mãe como as outras
Últimas

Quinta feira de caca

trinta e um de janeiro de...

É todo um requinte, este ...

António Pinóquio

Filha do meio

O sonho concretizou-se

Actividades Extra-Curricu...

Dias felizes

Dias tristes

Teias de aranha

É quando menos me apetece...

Correcção

O que tenho visto através...

Eid Mubarak!

Outra informação importan...

??

Como as pessoas acham que...

E depois de dois fins de ...

Todo um mundo novo

Ao fim de cinco anos dest...

Antigas

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2014

Novembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

mais sobre mim
Sábado, 3 de Dezembro de 2011
Para quem procura oportunidades no Golfo, espero que este post os ajude

Recebi um comentário no post ali em baixo e apercebi-me que nunca publiquei nada sobre as oportunidades deste lado do globo e nunca contei as linhas que traçaram o nosso destino e nos trouxeram até aqui.

Como acredito que cada vez há mais gente a querer (e a ter que) sair de Portugal, pode ser que este post dê alguma ajuda. Claro que isto é só a minha opinião e nada do que vou aqui dizer tem alguma base científica ou estudo que o sustente, mas é uma perspectiva (a minha) de quem veio aqui parar há dois anos e já percebeu mais ou menos como a coisa funciona.

A oportunidade de vir para o Golfo surgiu, para nós, porque o Francisco estava na altura ligado a um projecto em Portugal que teve alguma projecção mediática (acho que até mais a nível internacional do que nacional). Por sorte, as pessoas que mais tarde o vieram a contratar, tiveram conhecimento do projecto, pediram  o contacto dele, entrevistaram-no e contrataram-no.

Depois, quando o projecto terminou no Bahrain e foi altura de procurar outra coisa, ficou a mais-valia de já ter trabalhado na região, que é requisito essencial na maioria das ofertas de emprego.

Pela nossa experiência aqui, Portugal não é um país muito conhecido. E, pior que isso, quando é conhecido, raramente é reconhecido. É associado a dívidas, crise, etc.... (e bons jogadores e treinadores de futebol, verdade seja dita). Assim, é bastante difícil para um português que não tenha experiência anterior em países do Golfo ser contratado por um processo normal de recrutamento (ver uma oferta e enviar o CV).

Muitas vezes nas ofertas de trabalho para esta região são enumeradas as nacionalidades pretendidas para os cargos: ser britânico, americano, australiano, sul-africano ou neo-zelandês é por vezes um requisito quase tão importante como a área de formação.

Claro que vale sempre a pena tentar e procurar oportunidades aqui e noutros lados do mundo, mas é cada vez mais dificil, até porque cada vez há mais gente a ter que fazer o mesmo e a concorrência é muito maior...

 

Publicado por Vanda às 18:04
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Luis a 4 de Dezembro de 2011 às 17:33
Olá, antes demais obrigado pelo post.

Sou engenheiro civil e estou em Luanda a trabalhar, no entanto se souber de algo na área e ligado a malta portuguesa (para ser mais fácil a mudança/ emprego), agradeço.

Bye e mais uma vez obrigado.

Ld

Comentar post

pesquisar
 
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
tags

a caminho dos três

a horta já tem direito a etiqueta e tudo

a vida em abu dhabi

a vida no bahrain

afonso

ai portugal portugal

amigos

ant

antónio

antonio

apartes

bebés

bloguices

casa nova

cinema

coisas minhas

coisas minhas pai xico

desabafos

ecologia

educação

escola

eu também posto sobre a crise

facebook

falar do tempo

falar do trânsito

familia

férias

férias em portugal

francisca

futebol mas só porque estamos em alturas

gripe a

língua árabe

living in london

mariana

médicos

música

natal em abu dhabi

natal no bahrain

os nossos dias

pai xico

passeios

por esta blogosfera fora

reclamações

são pedro

saudades

ser mae de 3

tomás

viagens

vida de mãe

vida no bahrain

todas as tags

À volta de outros umbigos